Bob Fernandes afirma: “Quem censura, é o dono do meio de comunicação; qualquer jornalista, em qualquer redação, sabe”.

5221049105_e05041c125_b(1)O jornalista Roberto Fernandes, mais conhecido por Bob Fernandes,  editor-chefe do Terra Magazine e comentarista de política no Jornal da Gazeta participou, no dia 06 de outubro de 2014, na TV PUC, do programa Universidade Aberta, onde comentou, dentre outros assuntos, sobre a regulamentação econômica da mídia. O trecho abaixo foi transcrito do vídeo e encontra-se a partir dos 11:05 aos 12:54:

Quando se fala em regulamentação econômica da mídia – que eu sou a favor - , e nós jornalistas, deveríamos ser, isso significa mais espaço para todos nós. Imediatamente, as associações de classe patronais, dizem: 'Isso é censura. Eles estão querendo a censura'. Eu não duvido que tenha meia dúzia de idiotas que vai querer censurar. Não passa, alguém aqui é a favor? Não, não passa. Ninguém topa. Óbvio que não passa. Quem censura, aliás, é o dono do meio de comunicação. Qualquer jornalista, em qualquer redação, sabe... E a gente está falando de... Quando a gente fala imprensa, a gente está pensando em duas televisões ou três e três ou quatro jornais... No Brasil, tem 5. 600 municípios... tem mídia pelo país inteiro... Vai ver o que acontece no Brasil todo com os donos dos jornais, as rádios, as emissoras de televisão... Quem manda é o dono! Sai se ele quiser, se ele não quiser, não sai... Então, por isso que a regulação econômica é importante... para impedir que conglomerados regionais, ou nacionais sejam donos de todas as verbas,todos os espaços. Uma regulamentação econômica bem feita, bem discutida com a sociedade, implica em pluralidade, que é o segredo. Não é impedir ninguém de fazer nada. É permitir espaço econômico para que outras vozes, outros grupos se coloquem. Vai para o interior qualquer do Brasil, vai para um estado qualquer do Brasil, do Norte, Nordeste, ou mesmo do Sul, e veja. Tenta fazer um jornal, tenta fazer uma rádio... Cara, já tá o básico, tá lá ocupado. Qualquer país civilizado, dito civilizado do mundo, os grandes países, têm instituições que cuidam da regulamentação desses espaços. Aqui tem essa farsa, de dizer que é censura. Não é. Censura, quem faz é o patrão, o dono.

O vídeo completo, você pode conferir aqui. Ainda sobre a necessidade de se democratizar, ou no mínimo, de uma regulamentação econômica da mídia, é essencial conferir a quem pertence esses meios de comunicação. O projeto Donos da Mídia foi desenvolvido para isso: determinar a concentração dos veículos de comunicação no Brasil. Reunia dados públicos e informações fornecidas pelos próprios grupos de mídia para montar um panorama completo da mídia brasileira. Infelizmente, atualmente, o projeto encontra-se fora do ar. Entretanto, resgatei uma matéria de 2002, publicada na Carta Capital sobre o projeto, que pode ser conferida em pdf, aqui.

Vamos à luta!

Sávio L. Lopes é professor e mestrando em comunicação.